Terça-feira, 3 de Julho de 2007

1000 a.C. (724 a 689)


Ano 724 a.C. - Depois de um período de trégua devido às trágicas lutas internas, os Assírios, retomam o seu expansionismo e Salmanasar V, ataca Samaria, a capital de Israel.


Ano 722 a.C. - Sargão II, conquista o reino de Israel e transforma-o em província do Império Assírio. Desaparecem totalmente as dez tribos, uma vez que os seus integrantes são mortos ou deportados pelos invasores. Com o aniquilamento do reino de Israel é que a religião nacional, começa a ter um lugar à parte no Templo. Até aqui, não existia uma verdadeira ruptura política, derivada do cisma religioso, entre Jerusalém e Samaria, pois o reino do Norte, mais poderoso, e o único que usa o nome de Israel, continua a ser o verdadeiro centro do iavismo. As duas razias levadas a cabo pelos assírios de Sargão II, na Galileia e na Samaria, contribuem para uma mistura étnica na terra de Israel. Os samaritanos imediata e humildemente, reconstroem a sua capital.

* No inverno Salmanasar V, sucessor de Teglat , toma a Samaria.


Ano 721 a.C. -Sargão II reinicia o ataque a Samaria e provoca a sua queda. Submetida a ferro e fogo, a população deportada em massa e substituída segundo o costume assírio, por outras já subjugadas (sírios e babilónicos). O reino de Israel desaparece da história. Judá, compromete-se a pagar tributo e salva-se.

* Com a morte de Tefnakht, este ano, sucede-lhe seu irmão Bokenranf Bocoris). Com a sua política “democrática”, Bocoris desconcerta nobres e clero.

* Sargão II, sucessor de Salmanasar V, completa a destruição do reino setentrional, eliminando toda a elite e envia colonos: “Sitiei e capturei Samaria”, regista Sargão nos Anais de Chorsabad , “levadas 27.290 pessoas que ali moravam”.


Ano 716 a.C. -Quando Rómulo administra a justiça, este ano, no monte Palatino, a tempestade obscurece o sol. Quando a tempestade passa, o povo descobre que o seu rei desapareceu. Rómulo é miraculosamente levado para os céus. Pouco depois, Júlio Próculo, jura que viu Rómulo descer repentinamente do céu e aparecer-lhe radiosamente transfigurado. O herói declara a Próculo que é vontade dos deuses que, depois de ter fundado uma cidade destinada a ser a maior da Terra, ele residisse nos céus. Os romanos acreditam piamente neste milagre e, sob o nome de Quirino, veneram Rómulo como um deus. Nascido de uma virgem. Gerado por um deus, conduzido por presságios divinos, levado para os céus, ressuscitado para inspirar seus concidadãos, vai ser venerado durante séculos como um deus.

* Rómulo tem por sucessor Numa Pompílio, filósofo que reorganizou o culto de Júpiter, divide o ano em 12 meses e promove reformas sociais. Numa, com a sua sabedoria formula uma lei verdadeiramente espantosa que teria podido revolucionar a história do homem e transformar a Terra num verdadeiro paraíso. Exasperado com a frivolidade do belo sexo, decreta que as mulheres deviam ser vistas, mas não deviam ser ouvidas nem deviam meter-se em mexericos.  Não consegue reduzir miseravelmente as mulheres ao silêncio.


Ano 708 a.C. - Caído do céu, um disco de bronze ou ancil, leva Numa a mandar fazer onze cópias, e fazê-las conduzir pelos sacerdotes nas procissões religiosas. Os Romanos acreditam que o escudo foi largado pelos deuses.


Ano 705 a.C. -
Sargão II morre numa emboscada no Irã e com o seu desaparecimento renova-se a rebelião, desta vez com o apoio do rei da Babilónia e do Egipto.


Ano 704 a.C. -Constitui uma tentativa de separatismo, tanto a nível político como religioso, o facto do príncipe do Estado ter adoptado o título de Wang .


Ano 701 a.C. -
O rei Assírio Senaqueribe dirige-se ao Oeste, atacando e derrubando com a mesma tirania os confederados. As suas tropas de assalto furam as muralhas de Laquis com “tanques” armados de maças. A região de Tiro na Fenícia, é conquistada por Senaqueribe, rei da Assíria.

* O rei Ezequias de Judá, sabe perfeitamente porque razão envia cantores e cantoras ao temido rei Assírio, Senaquerib. Mais do que os novos muros e a cisterna, é a violenta erupção de peste bubônica, trazida por ratos, que acomete o acampamento assírio, que permite a sobrevivência de Jerusalém a um severo cerco feito pelo rei Assírio Senaquerib. É graças à derrota dos Assírios diante de Jerusalém, que o Templo começa a ter importância na religião nacional.

O novo rei Assírio Senaqueribe, conquista a Babilónia .


Ano 700 a.C. - Início da dinastia dos Aqueménidas, que vão governar a Pérsia.


Ano 689 a.C. -Depois de longos combates, o rei da Assíria, Senaqueribe, conquista e ocupa a cidade de Babilónia. A seguir a uma revolta, a cidade é saqueada e totalmente destruída com uma crueldade implacável, edificando Nínive como capital da Mesopotâmia. Manda até perfurar os diques do Eufrates, a fim de provocar a inundação de grande parte das terras habitadas. Manda também levar as imagens divinas para Nínive, residência dos reis Assírios. Entre as imagens encontra-se a de Marduc, cujo prestígio aumentou tanto que o conquistador decide anunciar que o deus caiu em culpa e, por conseguinte, se impõe que seja levado a tribunal, para ser destronado pelos outros deuses. A partir daqui, o seu nome é substituído nas orações pelo do deus do Império Assírio, Assur.

* Em Nápata surge um jovem de vinte anos, filho de Piankhi, de nome Taarka, que derruba Sciabataka e torna-se faraó.

* Senaqueribe destrói a Babilónia e sobre as cinzas desvia as águas de um canal.

Penso: ...

PublicadoPor lazulli às 14:40
LinkDoPost | Acrescente/Rectifique | AdicionarAosFavoritos

*UmaPequenaHistória


* Lazulli

* Adicionar

. 7 seguidores

*Procurar

 

*Março 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


*Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

*DadosRecentes

* Do ano 303 ao ano 395 d.c...

* Do ano 69 ao ano 97 (1000...

* Do ano 61 dC ao ano 68 dC...

* Ano 2 d.C (1000 anos de h...

* 1000 a.C (45 a.C a 38 a.C...

* 1000 anos a.C. (70 a.c. ...

* 1000 a.C (87 a.c. a 80 a....

* 1000 a.C (92 a.c. a 88 a....

* 1000 a.C. (134 a 122)

* 1000 a.C. (144 a.c. a 136...

*Arquivos

* Março 2016

* Fevereiro 2010

* Outubro 2009

* Julho 2009

* Fevereiro 2009

* Dezembro 2008

* Novembro 2008

* Outubro 2008

* Setembro 2008

* Julho 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

*tags

* todas as tags

*AcrescentosHistóricos

ANO 147 a.C. ANO 153 a.C.

*PartilharConhecimento

* PartilheConhecimento

*Bibliografias

Os Lusitanos - No contexto Peninsular História de Roma Estrabão, III, 3,7 Polibio, XXXIV

*Mapa do nosso mundo


Visitor Map
Create your own visitor map!

*estudiosos

*Traduzir o blog

*Terra


contador gratis

*visitas

contadores
contadores

*apesar do conteudo histório ser de outros autores este blog não deve ser plagiado

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-Noncommercial-No Derivative Works 2.5 Portugal License.

*Eis... a História interminável... dos homens!... e Guerreiros destemidos! Faltam-nos hoje, para mudarmos o Mundo para melhor